Archive for Dezembro 2010

1 Comment »


Olá a todos. Hoje estou continuando a ideia de divulgar os links dos quais gostei durante toda a semana que passou.
Toda segunda-feira farei um apanhado dos principais assuntos que li, gostei e retwettei.
É uma forma de prestigiar aqueles que se dedicam e investem tempo para trazer conteúdo de qualidade para todos.
Nem sempre esses links estarão ligados ao mundo da comunicação.
Caso queira indicar um blog, site ou link, deixe um comentário!
Espero que gostem das dicas. Siga o @BlogSerRP





Marketing Counterpoint: Why PR Does Help Sales http://t.co/0g8mKNi

Software That Detects Typed Sarcasm http://read.bi/fTLtAn

Google Launches "YouTube Trends," A Site For Keeping Up On The Latest Viral Videos http://read.bi/i5HgxX

Infographic: Mobile Usage in Japan, United States and Europe http://bit.ly/geta7J

3D em Peças Publicitárias - http://twixar.com/8qwv

Twitter 2010: Year in Review - http://yearinreview.twitter.com/whosnew/

Imaginação Lego - http://twitthis.com/jhbggm

9 Reasons Why Your Social Media Strategy Isn’t Working http://t.co/nfAC80k

Is 2011 the Year for Social Commerce? http://bit.ly/elXorC

Google deve atualizar algoritmo de buscas, o que muda no pagerank para seu site? http://bit.ly/gHhaot

Vantagens e Desvantagens da Energia Biomassa http://t.co/ACkCzKd

Google's Login Is More Popular Than Facebook Connect http://read.bi/dU6xTW

Saiba como usar o Foursquare em seu negócio - http://t.co/ItYr29m

Milagre! Milagre! Gafe em matéria do SBT - http://t.co/ugvmuzB

Aula de matemática no Jornal Nacional http://t.co/B9KyKzA

10 estantes criativas http://t.co/gOHjyQb

Artes Criativas pelas Ruas http://bit.ly/gittAr

As 10 Marcas mais valiosas do futebol 2010 http://bit.ly/hDdCqf

Google destrói 25 notebooks para promover o Chrome OS http://bit.ly/hokSGp

Facebook publica lista de assuntos mais falados em 2010 http://t.co/JVvzIjQ

O mundo conectado pelo Facebook [gráfico] http://t.co/PY0GUfl

Eu vou de mochila: Coisas do Google Maps http://bit.ly/hdGQ3U

Social Media Newsroom: Uma Ferramenta para sua Empresa - http://twixar.com/b1t88

Água de Reuso - http://biosferams.org/2010/12/agua-de-reuso/

Lembretes de Erin Hanson - http://bit.ly/dNRyHk

Infográfico: Os 20 países com espécies mais ameaçadas http://t.co/w0Ng0l6

Foursquare a rede social que vê por onde seus amigos andam. http://bit.ly/gnxbhh




Pesquisa Akatu revela que 3 a cada 4 consumidores desconfiam da responsabilidade social das empresas

1 Comment »

A pesquisa inédita “O Consumidor Brasileiro e a Sustentabilidade: Atitudes e Comportamentos frente o Consumo Consciente, Percepções e Expectativas sobre a Responsabilidade Social Empresarial”, apresentada ontem pelos institutos Akatu e Ethos, mostra que os consumidores querem mais informações das empresas e estão desconfiados.

Apenas 13% dos consumidores acreditam nas informações sobre RSE (Responsabilidade Social Empresarial). Outros 44% disseram não acreditar e 32%, depender de qual empresa.

A pesquisa ouviu 800 mulheres e homens, com idade igual ou superior a 16 anos, de todas as classes sociais e regiões geográficas do país. O estudo completo está disponível no www.akatu.org.br


Siga o @BlogSerRP


Pesquisa Akatu 2010: fatia de consumidores conscientes permanece em 5% da população

No Comments »


O Instituto Akatu e o Instituto Ethos o levantamento inédito “O Consumidor Brasileiro e a Sustentabilidade: Atitudes e Comportamentos frente o Consumo Consciente, Percepções e Expectativas sobre a Responsabilidade Social Empresarial. Pesquisa 2010.”

A pesquisa ouviu 800 mulheres e homens, com idade igual ou superior a 16 anos, de todas as classes sociais e regiões geográficas do país, nas seguintes localidades:

1) Manutenção do percentual de consumidores conscientes em 5% o que, considerando-se o aumento populacional, significa um crescimento de cerca de 500 mil consumidores aderindo a valores e comportamentos mais sustentáveis.

Mas, ao mesmo tempo, constatou-se crescimento (de 25% para 37% do total) do segmento de consumidores mais distante destes valores e comportamentos, o grupo chamado de “Indiferente”.

De forma geral, o crescimento do segmento de consumidores “indiferentes” é creditado ao movimento de ascensão social e de incorporação no mundo do consumo de uma parte significativa da população brasileira.

2) O estudo revela também certa estabilidade no grupo dos “mais conscientes”, que ainda são praticamente 1 em cada 3 consumidores. Este é um grupo mais aguerrido, especialmente na internet, onde busca ativamente informações sobre RSE e sustentabilidade, e ainda é ativo em influenciar os outros. Esse grupo tem também um poder potencialmente importante para influenciar tanto empresas como outros consumidores.

3) Constata-se que praticamente metade da população estudada (49%) está desconectada sobre esse debate, qualquer que seja a chave de entrada para ele, ecologia, meio ambiente, sustentabilidade ou RSE. Se for somado a este grupo os 11% que estão apenas interessados no tema, chega-se a 60% de baixo envolvimento com esse debate.

4) Além disso, o termo Sustentabilidade desperta muito pouco interesse na população, além de ser um assunto mais abstrato e, portanto, mais difícil de ser compreendido e transformado em prática do dia-a-dia, 56% dos consumidores nunca ouviram falar em Sustentabilidade.

5) No grupo que afirma conhecer o termo Sustentabilidade, há problemas com sua definição. Uma parcela significativa (21% dos que conhecem o termo Sustentabilidade, ou 9% do total) não consegue dar nenhuma definição para ele. Outra parcela (19% do total) apresenta uma compreensão incorreta de Sustentabilidade, ligada principalmente a auto-sustento, “ter renda para sustentar a família”, “sustentar a família”, “se sustentar sozinho”.

6) Há um interesse relativamente baixo sobre RSE, quando colocada em termos simplesmente conceituais. Como decorrência deste fato, também se constata um percentual baixo de consumidores que buscam informações sobre esse tema. Do total estudado, 16% afirmam buscar informações sobre RSE. Entre os que buscam informações, destacam-se consumidores universitários e aqueles de classes A e B.

7) Os consumidores buscam se informar mais por internet e TV, mas a internet não desfruta ainda da mesma credibilidade da TV e dos jornais, estes pouco citados como fonte de informação sobre RSE, mas bem citados no quesito credibilidade.

8) Consumidores premiam empresas mais responsáveis e punem as menos responsáveis. Eles repudiam a propaganda enganosa e o tema que mais conta pontos positivos são as relações de trabalho: 80% dos consumidores apontam o desenvolvimento de alguma ação ligada à dimensão “Direito das Relações de Trabalho” como importante para que uma empresa seja considerada socialmente responsável.

9) Tendo em vista que os consumidores esperam e exigem que as empresas sejam socialmente responsáveis, deve-se pensar também no desenvolvimento de legislações e políticas públicas que, mesmo sem passar inicialmente pela compreensão e consciência do consumo, induzam nos consumidores e nas empresas comportamentos que gerem, como resultado, passos no sentido de uma sociedade mais sustentável.

10) Além das políticas públicas e soluções tecnológico-organizacionais capazes de minimizar os impactos da previsível explosão de consumo, é preciso trabalhar no redirecionamento das aspirações da sociedade como um todo. É necessário um esforço urgente e sem precedentes para dissociar “aumento contínuo do consumo” de “maior felicidade e realização”. Esta equação, que moveu (e move) o crescimento da sociedade de consumo, é incompatível com o duplo objetivo de “inclusão social com sustentabilidade”.


Siga o @BlogSerRP

Anhembi Morumbi nos trending topics do Twitter

1 Comment »


As redes sociais foram uma das apostas da Universidade Anhembi Morumbi na divulgação do Campus Experience, evento que contou com a presença de Marcelo Tas e Fiuk para debater a escolha da profissão com alunos do Ensino Médio. Na tarde da última sexta-feira, 10 de dezembro, o bate-papo entre os dois esteve entre os assuntos mais comentados na página do Twitter no Brasil (trending topics).

A transmissão simultânea do bate-papo no site da Universidade foi acompanhada por mais de duas mil pessoas. Além disso, os estudantes puderam acessar a página do site de relacionamento nos computadores espalhados pela entrada do campus.


Siga o @BlogSerRP

Links da Semana

No Comments »


Toda semana farei um apanhado dos principais assuntos que li, gostei e retwettei. É uma forma de prestigiar aqueles que se dedicam e investem tempo para trazer conteúdo de qualidade para todos. Espero que gostem das dicas. Siga o @BlogSerRP

Bar da Brahma substitui cardápio tradicional por iPad http://wp.me/pZ54D-cx

Apresentadora se irrita após perder implosão de ponte http://bit.ly/h19I69

Informações e imagens sobre o Nokia X7 vazam na internet http://migre.me/2vZIA

Facebook e Twitter viraram tênis : http://t.co/z7QQKI5

Como funciona e como utilizar Feed - http://twixar.com/T6Jg

Google adia lançamento de nova rede social para 2011 - http://bit.ly/h1vljh

Campanha espanhola cria polêmica ao relacionar camisinha à hóstia - http://t.co/3HZKheM

Google lança maior livraria digital da internet - http://twixar.com/q64P4

Jovens atuais são multitarefa e mais espertos do que as gerações anteriores - http://twixar.com/ZBv

Silvio Santos vence Silvio Santos - http://twixar.com/4FGSH8J


Brasil vai liderar mudança no desenvolvimento global, diz Stern - http://t.co/1x8WRWn

Junaio Augmented Reality Browser Updated To 2.5 - http://twixar.com/Rrp

Bem boladas propagandas de Natal http://bit.ly/hAeF3L

7 Pendrives mais incríveis(e únicos) do mundo http://t.co/FwSdl6Q

Camisetas curiosas para Nerds http://t.co/UNJH2mX

Prêmio INFO 2010 - INFO Online http://t.co/lp6lG4i

Os Geeks também casam [+imagens bolos] http://bit.ly/dEUFKR

A primeira reportagem no Brasil sobre o e-mail, de 1990 http://t.co/nCxtLG6

PayPal Announces It Will No Longer Handle Wikileaks Donations - http://t.co/FJV0QAL

Netflix's Growth Should Scare HBO http://read.bi/fiVMk3

Facebook Is Launching Redesigned Profile Pages http://read.bi/eXwIpS

New Data: Gender Differences in Blog Reading Behavior http://t.co/ijyKRy1

Top 10 Success Factors for Enterprise Social and Collaboration Projects http://t.co/w4eAvzO

WWF cria um formato de arquivo que não pode ser impresso http://bit.ly/fUNR7t

Google Alerts, Seja avisado quando seu site é indexado! - http://twixar.com/SqtD

E se os navegadores fossem celebridades? - http://tinyurl.com/24ual62

TEC LIFE: Todos os serviços google! http://t.co/UY6F108

When is the Best Time to Publish Blog Posts? [Infographic] http://t.co/FAxNW0Q

MILLION-DOLLAR IDEA: Forget Checking-In To Locations, Instead Check-In to Content http://read.bi/ejRs8K

Latin America Online Video Viewing http://bit.ly/dV0lBO



Groupon segmenta ofertas em São Paulo e planeja marcar presença em 40 cidades até o fim do ano

No Comments »



Considerado o maior e primeiro site de compras coletivas no mundo, o Groupon implantou uma nova ferramenta de segmentação de ofertas na cidade de São Paulo e Guarulhos, para ajudar no redirecionamento das ofertas e, claro, vender mais. Para isso, o site dividiu a região em duas zonas: Norte, Leste e Guarulhos; Oeste, Sul e Centro. Este novo modelo de envio de ofertas já está em funcionamento. O objetivo é gerar promoções mais direcionadas ao público e dar melhor oportunidade para as pequenas e médias empresas poderem criar ações diferenciadas e ter uma maior rotatividade de anúncios.

A cidade de São Paulo já representa o terceiro maior mercado para o Groupon, atrás somente de Paris e Londres. Em franca expansão no Brasil, onde começou a atuar em junho de 2010, o Groupon já está presente em cerca de 30 cidades e planeja chegar a 40 municípios estratégicos até o fim do ano.

Números do Groupon Brasil

A cidade de São Paulo já é o terceiro mercado para o Groupon, ficando atrás de Paris e Londres.

1º lugar no ranking de maior número de visitas no segmento de Compras Coletivas (fonte: Serasa Experian).

4ª posição geral do e-commerce brasileiro em market share de visitas (fonte: Serasa Experian)

Mais de 3.5 milhões de assinantes somente no Brasil.

Presente nas cidades de São Paulo, ABC, Baixada Santista, Campinas, Guarulhos, Jundiaí, Ribeirão Preto, São José dos Campos, Sorocaba, São Carlos (SP), Rio de Janeiro, Niterói, Curitiba, Porto Alegre, Joinville, Balneário Camboriu, Brasília, Belo Horizonte, Uberlândia, Juiz de Fora, Londrina, Vale dos Sinos, Vitória, Caxias do Sul, Florianópolis, Maceió, Natal, Recife, Goiânia, Contagem-Betim e Salvador. Em breve inicia atividades em Fortaleza (CE).

Números do Groupon Inc.

Mais de 12 milhões de vouchers vendidos no mundo;

Mais de 20 milhões de usuários em todo o mundo;

500 milhões de dólares economizados pelos clientes em 1,5 anos de vida;

Um milhão de visitas/dia


Siga o @BlogSerRP

Quer desconto? Site Cupom Turbinado promete trazer as melhores ofertas

2 Comments »



O Cupom Turbinado é o novo site destinado a quem é louco por uma pechincha. A ideia é facilitar a vida do consumidor e trazer as melhores ofertas da internet de sites como Submarino, Americanas, Ponto Frio, Saraiva, Walmart, Extra e outros. Se estiver procurando algo específico, você pode filtrar por loja, por categoria e até por produto que deseja comprar.

Os sites de descontos não são como o Buscapé, por exemplo, de comparação de preço e nem de compras coletivas, e sim uma ferramenta para clientes de lojas virtuais tradicionais, que realmente pretendem economizar com as melhores oportunidades e que não têm tempo hábil para vasculhar durante horas as promoções na internet.

A ideia é boa, já que nos últimos anos o comércio eletrônico teve crescimento médio de 30%, a entrada de grandes varejistas no mercado online e a inclusão digital no Brasil. Segundo o E-bit, o comércio eletrônico deve aproveitar a força das vendas de Natal e fechar 2010 com R$ 15 bilhões de faturamento, um crescimento 40% superior ao mesmo período de 2009, quando o canal faturou R$ 10,6 bilhões em vendas.

O potencial de crescimento do país no varejo online chega a superar o mercado dos Estados Unidos. Enquanto no Brasil as vendas em lojas virtuais têm previsão de crescimento de 40% em 2010, nos Estados Unidos as vendas devem ser de apenas 12,7% de cescimento, de acordo com a eMarketer, empresa norte-americana de inteligência digital.

Siga o @BlogSerRP

Ação de divulgação Ford: união do postal com as redes sociais

5 Comments »

A Ford lança nesta semana uma ação de relacionamento no Brasil para divulgar o lançamento New Fiesta. Concebida pela Wunderman, a iniciativa atingirá cerca de 40 mil brasileiros com cartões postais, enviados por proprietários do veiculo em outros países, estimulando a visitação da página oficial do automóvel no Facebook.

Nesta ação, alinhada ao conceito mundial “New Fiesta. O carro global da Ford”, proprietários reais do New Fiesta em Nova York (EUA), Londres (Inglaterra), Colônia (Alemanha), Melbourne (Austrália) e Madri (Espanha) vão compartilhar suas experiências com os futuros compradores brasileiros.

Cada postal foi ilustrado com imagens estilizadas da cidade e traz uma mensagem na língua local de cada país. Com o objetivo de despertar o interesse do futuro consumidor do New Fiesta em saber mais sobre o carro, logo após a mensagem do remetente haverá uma indicação do link do ambiente digital do carro. Lá, o internauta poderá ver a mensagem traduzida, visitar a página oficial no Facebook (www.facebook.com/newfiestastories) e conhecer outras histórias de pessoas que já compraram um New Fiesta.
Siga o @BlogSerRP

Itaú cria rede social: formar colaboração aberta entre empresários de diversos setores

No Comments »

Banco busca uma nova estratégia de relacionamento com conceitos de Web 3.0. A Comunidade Empresas (http://www.comunidadeempresas.com.br/), que funcionará como uma rede social colaborativa entre empresários clientes do banco, permitindo troca de experiências, cases de sucesso e conhecimentos sobre o mercado.

A Comunidade Empresas está aberta para todos que desejam participar. Disponível para mais de um milhão de empresas clientes do Itaú, empresários não-correntistas do Itaú também poderão acessar a rede mediante convite de algum cliente, via Comunidade, ou por um gerente comercial do Itaú.

Dentre os assuntos e setores em destaque, incluem-se alimentação, construção civil, cultura, educação e saúde, entre outros. As principais funcionalidades da Comunidade Empresas envolvem fóruns, comunidades segmentadas e espaço para compartilhar a trajetória dos profissionais, além de um ambiente para tirar dúvidas com especialistas do Itaú. Os participantes poderão trocar ideias, dicas e sugestões, aumentar a rede de relacionamentos corporativos e aproveitar o espaço para gerar negócios e parcerias oportunas.

O conteúdo desenvolvido na rede é alimentado pelos próprios usuários, angariando uma participação ativa de todos os envolvidos e incentivando discussões relevantes sobre empreendedorismo e o mundo dos negócios. Os participantes poderão ampliar seu networking, bem como terão uma ferramenta de benchmarking e um meio para debater temas variados dentro do seu escopo profissional.

Para garantir o bom funcionamento dessa rede social, ela foi criada utilizando conceitos de tecnologia Web 3.0, o que permitirá criar uma comunidade segmentada por interesses comuns. Fornecemos toda a estrutura, design e tecnologia dessa plataforma colaborativa.
Siga o @BlogSerRP

Projeto Biomas é modelo para produção sustentável nos diversos ecossistemas do país

No Comments »


Hoje foi lançado na Conferência das Partes sobre o Clima (COP-16), da Organização das Nações Unidas (ONU), o Projeto Biomas, uma parceria da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa)
Serão realizadas pesquisa e compartilhamento de informações nos seis biomas brasileiros (Amazônia, Caatinga, Cerrado, Mata Atlântica, Pantanal e Pampa), tendo como maior objetivo conciliar a produção rural e a preservação ambiental.
O Projeto Biomas, que contará com orçamento de R$ 40 milhões, terá a utilização da árvore na atividade rural como eixo dos projetos de pesquisa. As florestas devem servir como alternativa para diversificação dos sistemas produtivos na propriedade rural e na composição das APPs e seus entornos, representados pela reserva legal (RL) e área de uso alternativo (AUA).

No momento estão sendo demarcadas e estudadas várias unidades demonstrativas do Projeto Biomas, que serão showrooms de técnicas de produção sustentável. Assim, o produtor rural brasileiro poderá escolher o melhor para a sua propriedade a partir de exemplos reais, já colocados em prática.

Veja o vídeo abaixo:





Siga o @BlogSerRP

Relações Públicas: um profissional que enxerga "o todo" da organização com objetivos maiores e mais estratégicos #DiadoRP @FabiBegnini

1 Comment »


Qual a sua definição sobre os relações públicas?

Costumo definir os relações públicas como especialistas em estratégias de comunicação. Isso porque, além de serem os responsáveis pelos relacionamentos estratégicos das organizações e utilizar as mais diversas ferramentas para conquistar e fidelizar seus públicos, são os agentes responsáveis pelo processo de comunicação integrada no desenvolvimento institucional, social e mercadológico da organização.

Qual sua expectativa para as Relações Públicas nos próximos anos?

Tenho grandes expectativas em relação a profissão. Acho que cada vez mais as pessoas estão entendendo qual o nosso papel na organização. Vejo um futuro promissor e um mercado de grandes possibilidades! Sou bem otimista em relação a isso. Agora, cabe a nós, profissionais ou estudantes aceitar, ou não, determinadas propostas de trabalho e determinados tipos de preconceitos. O futuro da profissão depende das nossas atitudes hoje.

Qual a importância das Relações Públicas para as organizações na atualidade?

É de fundamental importância! Seja, pequena, média ou grande, uma empresa que deseja manter uma boa imagem perante seus públicos de interesse, precisa investir em relações públicas. É como eu comentei anteriormente, os profissionais de RP desenvolvem planejamentos e ações voltadas para todos os nichos: institucional, social e mercadológico. O RP é um profissional que enxerga "o todo" da organização com objetivos maiores e mais estratégicos.








Profissão: Relações Públicas

Twitter: @FabiBegnini @CirandaRP

Administração de relacionamentos entre uma organização e seus públicos. Estratégias, técnicas e táticas de comunicação #DiadoRP @carolterra

No Comments »

Qual a sua definição sobre relações públicas?

RP é a administração de relacionamentos entre uma organização e seus públicos, utilizando-se de estratégias, técnicas e táticas de comunicação dirigida para isso.
Qual sua expectativa para as Relações Públicas nos próximos anos?

Eu acredito que estamos em nossa melhor fase para as RP. Nunca tivemos tanta oportunidade e tanta necessidade como nos últimos tempos: as organizações têm obrigação de se dirigir aos seus públicos, de prestar contas, de dialogar e quem sabe planejar as estratégias para isso somos nós, profissionais de RP.

Além disso, temos temas em evidência que também exigem a presença de um profissional de comunicação: sustentabilidade, diálogo com stakeholders, mídias sociais, entre outros.

O mercado, a meu ver, é promissor. E como ele está com alta demanda, o mundo acadêmico também precisa de docentes, de cursos, de especializações, de pesquisas. Portanto, o cenário é bom!

Qual a importância das Relações Públicas para as organizações na atualidade?
Importância total. Eu diria até imprescindível. Ninguém mais pode deixar de se comunicar tanto interna como externamente. Mas isso tem que ser um processo sistematizado, planejado e coordenado por um profissional de comunicação.

Profissão: Relações Públicas
(Diretora de Mídias Sociais da @agenciaideal e professora da @_Fecap e do @DigicorpUsp)
Twitter: @carolterra

Desenvolver ações estratégias de comunicação eficazes e alinhadas com as diretrizes da empresa #DiadoRP @claudianans

No Comments »

Qual a sua definição sobre relações públicas?

Para mim, o profissional de relações públicas atua conforme os objetivos estratégicos traçados de uma organização. Desenvolve ações de comunicação com o objetivo de trabalhar a imagem da organização perante os seus públicos de interesse. É um profissional capaz de criar e gerenciar relacionamentos importantes a fim de promover a imagem institucional de uma organização.

Qual sua expectativa para as Relações Públicas nos próximos anos?

Que a profissão seja valorizada pelas empresas e também, pelos colegas de outras áreas da comunicação. Infelizmente, no Brasil, Relações Públicas é uma profissão que ainda não é tão conhecida e poucos entendem realmente sua função.

Acredito que com o crescimento econômico do país, inclusive a vinda da Copa do Mundo e Olimpíadas para o Brasil a profissão ganhará muito com isso, pois muitas empresas terão que trabalhar a comunicação a fim de estreitar e criar relacionamentos estratégicos, promover a imagem institucional e se posicionar no mercado.
Qual a importância das Relações Públicas para as organizações na atualidade?

É importante para as empresas ter um profissional de Relações Públicas para que sejam desenvolvidas ações estratégias de comunicação eficazes e alinhadas com as diretrizes da empresa, a fim de contribuir com a imagem e posicionamento no mercado.

Esse profissional também pode trabalhar em questões de comunicação interna, clima organizacional, responsabilidade social e uma fator novo, o gerenciamento de redes sociais.

O RP ajuda a empresa a entender o mercado que atua, os públicos de interesse e a cumprir seus objetivos traçados.






Profissão: Estagiária

Twitter: @claudianans

Claudiana Costa Leal

Relações Públicas continuará evoluindo na mesma medida em que avança a tecnologia. #DiadoRP @piccinini

No Comments »

Qual a sua definição sobre relações públicas?

À medida em que cresce a competitividade entre organizações enquanto o relacionamento entre consumidores, empresas, leitores e mídias muda constantemente, as relações públicas fornecem um diferencial para organizações interessadas em estabelecer e manter um diálogo constante com seus constituintes.


Qual sua expectativa para as Relações Públicas nos próximos anos?

A profissão continuará evoluindo na mesma medida em que avança a tecnologia. Conhecida antigamente como responsável por desenvolver tradicionais materiais impressos, a profissão hoje é composta por uma variada quantidade de especialidades.


Qual a importância das Relações Públicas para as organizações na atualidade?

O professional de relações públicas é cada vez mais visto como um conselheiro que não somente dá consultoria mas também constrói relacionamentos com os constituintes das organizações, pensa de forma estratégica em vez de se limitar à função de transmitir informações.


Profissão: Relações Públicas

Twitter: @piccinini

Uma das profissões que mais se atualiza, que mais se inova, dia a dia, segundo a segundo. #DiadoRP @rodrigo_capella

No Comments »


Qual a sua definição sobre relações públicas?

Uma profissão abrangente, repleta de méritos e desafios. É uma das profissões que mais se atualiza, que mais se inova, dia a dia, segundo a segundo. Uma profissão que precisa se preocupar com direitos humanos, mas com tecnologia, conteúdo, planejamento...


Qual sua expectativa para as Relações Públicas nos próximos anos?

Cada vez mais tecnológica, a profissão de RP irá utilizar, com grande frequência, ferramentas como SMS, MSN, Google Talk, ISMS, Google Trends.... Além disso, haverá também uma forte - e cada vez mais necessária -, conexão com o consumidor (usuário) final, utilizando-se como base os ambientes digitais.

Qual a importância das Relações Públicas para as organizações na atualidade?

Enorme! O conteúdo e sua propagação são necessários e importantíssimos.


Profissão: Jornalista

Twitter: @rodrigo_capella

É construir aproximação, transparência e confiança entre consumidor e empresa, fazendo com que esse sentimento seja disseminado para os públicos #Diad

No Comments »


Qual a sua definição sobre relações públicas?

Relações públicas é fazer com que uma informação transmitida pelo emissor chegue ao receptor de forma clara e que haja uma troca e interação nessa comunicação. É construir aproximação, transparência e confiança entre consumidor e empresa, fazendo com que esse sentimento seja disseminado para todos os públicos, sendo eles primarios ou secundários. O importante é escutar enxergar muito mais do que falar. Gosto muito da ideia de termos dois olhos e dois ouvidos e apenas uma boca.

Qual sua expectativa para as Relações Públicas nos próximos anos?

Visibilidade e abertura de mercado. Entendimento pelos outros profissionais de diversas áreas, como por exemplo, setor administrativo e jurídico, do que é a profissão, qual a importância da mesma e quem está realmente capacitado a fazer. Espero isso faz uns anos, desde antes de começar a faculdade. Mas, tenho sentido algum progresso.

Qual a importância das Relações Públicas para as organizações na atualidade?
As mídias sociais estão aí para provar, mais do que nunca, que se relacionar de forma planejada e escutar o consumidor, criando a velha e conhecida via de mão dupla tão falada por nós RPs, é de extrema importância para qualquer empresa. Atualmente, qualquer pessoa é provedor de informações, o que torna as empresas mais vulneráveis. O que pode variar de empresa para empresa, sabendo "misturar" bem seus pontos fortes, fracos, oportunidades e ameaças (SWOT) ela pode crescer com certas vulnerabilidades.

Acredito que muitas empresas passaram a ver o RP como um aliado e não mais um "faz tudo" dentro da empresa, de tirar uma cópia até uma festinha de final de ano. Infelizmente, sem generalizar, ainda tenho percebido que apenas organizações de grande porte e multinacionais tem visto o RP de outra forma.



Profissão: Comunicólogo - Relações Públicas de formação - Atuando como executivo de midias sociais na Edelman Brasil.

Twitter: @Mauricio_ao

Estratégica para o desenvolvimento de relacionamentos, baseados em conhecimento e atitude entre organizações com seus públicos #DiadoRP

No Comments »

Qual a sua definição sobre relações públicas?


Hoje, com algum tempo de estrada, vejo o trabalho de relações públicas como uma ferramenta estratégica para o desenvolvimento de relacionamentos produtivos, baseados em conhecimento, atitude e compromisso entre a empresa, instituição ou ONG com seus públicos. As relações públicas trabalham para a democracia. Para criar e administrar uma comunicação de mão dupla, que leve ao entendimento e cooperação de todos.

Qual sua expectativa para as Relações Públicas nos próximos anos?


Tenho entendido que cada vez mais organizações têm visto as relações públicas como atividade fundamental para o desenvolvimento dos seus negócios. No fim, é o que todos querem. Quando a direção das organizações passam a ver oportunidades de negócio com o trabalho do RP, ganhamos espaço para mostrar quão estratégica é a atividade. A atividade de RP mudou muito com a tecnologia. Acredito que com as mídias sociais, então, as empresas estão vendo que a leitura criteriosa do comportamento dos seus públicos online exige um tratamento especializado em relacionamento.

Qual a importância das Relações Públicas para as organizações na atualidade?


A relação entre empresas e seus públicos mudou. As RPs também tratam dos stakeholders de uma outra forma agora. O olhar deve ser mais dinâmico para que não se perca de vista o objetivo do relacionamento. As organizações hoje estão contando com as ferramentas da atividade para ter, por exemplo, as mídias sociais como aliadas na construção de um relacionamento duradouro.


Eduardo Alves, relações públicas e blogueiro.

É o ouvir e construir a relação entre os públicos e organização, manter e atualizar, continuadamente, essa relação. #DiadoRP @diegolobo

No Comments »


Qual a sua definição sobre relações públicas?


Depois de quase 4 anos de faculdade, eu acho que definir RP é algo ilusório e, no mínimo, falho. As RRPP são uma profissão que envolvem a comunicão com os diferentes públicos de uma organização, através do planejamento, produção, execução e avaliação (fazendo desse último inputs para o próximo planejamento, tornando a atividade uma ação cíclica) de ações/ferramentas com o intuito de informar e aproximar estes públicos da organização. Mas isso ainda não diz muito: Relações Públicas é o ouvir e construir a relação entre os públicos e organização, manter e atualizar, continuadamente, essa relação.

Qual sua expectativa para as Relações Públicas nos próximos anos?

Em tempos de mídias sociais e alta concorrência, ter um profissional que medie e aproxime a organização de seus públicos é algo cada vez mais importante. E não acho que uma pessoa que "entenda" de comunicação e internet seja suficiente. Os cursos nos país estão reformulando-se e começam a incluir experiências mais atuais, formando profissionais mais preparados. O que também não é o bastante. Precisamos nos atualizar e estudar, sempre e sempre. Creio que essa profissão continuará crescendo, mas cabe a nós segurar nosso lugar no mercado.

Qual a importância das Relações Públicas para as organizações na atualidade?

Penso que as RRPP são cada vez mais procuradas por organizações que buscam a construção de uma "boa imagem". Em tempos de Reponsabilidade Social Empresarial e conscientização ambiental, os consumidores/clientes passam a considerar não só a qualidade do produto/serviço, mas aspectos como o que a organização contribui para o fortalecimento da sociedade. A figura do RP é essencial para a construção da cooperação interna, da mutualidade e, principalmente, do reconhecimento do potencial da organização.


Profissão: Estagiário/Blogueiro


Twitter: @diegolobo

Campo de trabalho voltado ao planejamento e gerenciamento de estratégias e táticas de informação e de relacionamento #DiadoRP @rprodrigo

No Comments »

Qual a sua definição sobre relações públicas?

Numa proposta de elaborar uma definição mais acadêmica, eu diria que RP é um campo de trabalho voltado ao planejamento e gerenciamento de estratégias e táticas de informação e de relacionamento. Com isto, busca expandir a consciência do diálogo entre todos os agentes da organização-cliente e entre todos aqueles de suas relações cotidianas como condição para formação de marcas e idoneidades fortes e duradouras numa co-responsabilidade de empenho e satisfação. De maneira mais resumida, seria o gerenciador da comunicação organizacional, baseado na análise de ambiente e no planejamento de ações comunicacionais para uma dada organização, na relação com os públicos de interesse. Está mais para uma filosofia de atuação do que para um determinado conjunto de práticas.

Qual sua expectativa para as Relações Públicas nos próximos anos?

A área de conhecimento e prática das relações públicas, nos próximos anos, só tende a aumentar. A profissão regulamentada (poucos casos no mundo todo, como no Brasil) já é outra questão, que vejo com certa temeridade. Não sei se as estruturas institucionais que "regulam" os profissionais sobreviverão. Dito isto, a competitividade é uma das realidades mais prementes em todos os segmentos, tornando muito maior o poder da marca, da reputação, da imagem como força de conquista de adesão e confiança pelos públicos de interesse. E melhor: as organizações cada vez mais conscientizam-se deste panorama, por isto acredito que todas as carreiras da comunicação social tem um amplo campo de trabalho pela frente, e cada vez mais. Penso que é crescente a constatação da necessidade de maior e melhor divisão entre as esferas da vida de cada um, delegando-se relevância para o convívio com família e amigos em detrimento da obsessão pelo trabalho. Neste ínterim, vejo como crescente pra RP o mercado do lazer e entretenimento, tanto no campo da cultura quanto no mundo do turismo, com francas possibilidades de absorção de profissionais do setor. Vendo o alastramento das organizações brasileiras pelo mundo, o campo da comunicação intercultural por conta da internacionalização é outra frente de ação muito interessante. E, dada a importância da memória institucional como força expressiva da organização, este é um campo que só tende a crescer, aliando aqui a relevância do desenvolvimento da capacidade dos indivíduos integrantes do ambiente de trabalho (sobretudo lideranças) contarem histórias envolventes e significativas.

Qual a importância das Relações Públicas para as organizações na atualidade?

Os processos de Relações Públicas são atividades dinâmicas, altamente envolventes e que requerem uma alta dose de inovação, isto entendido como uma forma diferenciada de ver os fatos, problemas e situações. Com o tempo, adquirimos um estilo de analisar, perceber, ler os acontecimentos bastante diferente do cidadão comum, no sentido de estarmos permanentemente buscando oportunidades de consolidação da identidade, do produto, do serviço de nossos clientes. Cada momento, mesmo os pessoais passados em cinemas, bares, família, sao propícios para retirada de indícios e exemplos comportamentais que poderão servir na execução de planos e projetos para os públicos prioritários da empresa/instituição atendida. Diagnóstico, planejamento, assessoria, são atividades de extrema sensibilidade, e portanto nada mecânicas, automáticas, exatas. Mas é um encadeamento de procedimentos, por vezes em ordem diferente, que acaba levando ao sucesso nossas empreitadas comunicativas e relacionais. Na medida em que as economias e sociedades integram-se e intercambiam produtos e cultura e o consumidor passa a não enxergar muita diferença entre os produtos e serviços, as organizações começam a perceber a relevância da reputação. Estamos no Brasil ainda numa fase em que preço é o grande atrativo, mas penso chegar num ponto em que a marca será cada vez mais decisiva na opção das pessoas - construída com base em bons relacionamentos.

Profissão: produtor de conteúdo para canais digitais e impressos da Associação Brasileira de Comunicação Empresarial/Aberje e analista sênior de pesquisa qualitativa da Ideafix Estudos Institucionais

Twitter: @rprodrigo